Policial é absolvido de chacina na Baixada Fluminense

Fabiano Gonçalves Lopes, no entanto, foi condenado por envolvimento com quadrilha que cometeu chacina

PUBLICIDADE

Por AE
2 min de leitura

O soldado da Polícia Militar do Rio de Janeiro, Fabiano Gonçalves Lopes, foi absolvido na noite de quarta-feira, 12, pelo Tribunal do Júri de Nova Iguaçu da acusação de participar da chacina da Baixada Fluminense, em março de 2005, que deixou 29 mortos e um ferido. Mas o policial foi condenado a sete anos de prisão por formação de quadrilha e perdeu o cargo. O Ministério Público disse ter dúvidas do envolvimento de Lopes nos homicídios, mas provou que ele estava ligado a crimes com outros policiais envolvidos na chacina.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.