PUBLICIDADE

Copiapó comemora o resgate dos mineradores

Efe

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

Centenas de habitantes de Copiapó, a cidade onde vive a maioria dos mineradores soterrados na mina San José, saíram nesta noite para comemorar nas ruas o resgate dos primeiros operários.

PUBLICIDADE

"É um milagre, é um milagre", gritava o motorista de uma caminhonete, segurando uma grande bandeira do Chile. Em outros veículos, os moradores portavam grandes cartazes com frases de apoio aos mineradores.

As principais ruas de Copiapó, situada cerca de 830 quilômetros ao norte de Santiago, foram tomadas pelos carros que celebravam, ao som de buzinas e cornetas.

A cidade localizada em pleno Deserto do Atacama, com mais de 200 mil habitantes, amanheceu nesta terça-feira repleta de bandeiras do Chile.

O prefeito Maglio Cicardini, informou que os colégios públicos não terão aulas nesta quarta-feira para que as crianças possam comemorar "este grande acontecimento".

Publicidade

Cicardini cogita homenagear os mineradores com medalhas, declarando-os "filhos ilustres" da cidade.

Em várias ruas principais de Copiapó, foram instaladas telas gigantes para que os habitantes possam observar ao vivo o resgate dos mineradores.

Em todas as igrejas da localidade, os sinos começaram a tocar logo após a saída do primeiro minerador resgatado. Ao longo do dia, foram realizadas missas à espera da saída dos primeiros operários.

Na Praça Itália de Santiago, tradicional lugar de celebrações da cidade, especialmente de eventos esportivos, chegaram apenas cerca de 20 pessoas paa celebrar o resgate, devido ao avançado da hora.

Veja também:

Publicidade

# GALERIA: Fotos do local # ESPECIAL: Como será o resgate # ENVIADA: Clima de Woodstock

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.