PUBLICIDADE

Publicidade

Banco M. Lynch divulga prejuízo de US$ 1,96 bi no 1º trimestre

Receita da maior corretora do mundo cai 69% ante o mesmo período do ano passado, para US$ 2,9 bilhões

Por Reuters e Agência Estado
Atualização:

O banco Merrill Lynch anunciou nesta quinta-feira, 17, prejuízo no primeiro trimestre decorrente de bilhões de dólares em baixas contábeis relacionadas às hipotecas de risco e a outros ativos mais arriscados. A maior corretora do mundo afirmou que o prejuízo líquido foi de US$ 1,96 bilhão, ou US$ 2,19 por ação, ante lucro líquido de US$ 2,16 bilhões no mesmo período do ano anterior, ou US$ 2,26 por ação.  Veja também: Lucro do banco JPMorgan cai 50% no 1º tri para US$ 2,37 bi  Quarto maior banco dos EUA anuncia prejuízo de US$ 393 mi Economia global vive situação entre 'gelo e fogo', diz FMI  Cronologia da crise financeira  Entenda a crise nos Estados Unidos   Bolsas na Ásia caem com resultado da GE e medo de recessão     A receita do banco de investimentos norte-americano caiu 69% na comparação com o mesmo período do ano passado, para US$ 2,9 bilhões. Os analistas consultados pela FactSet Research haviam previsto prejuízo de US$ 1,98 por ação. Os resultados incluíram US$ 1,5 bilhão em baixas contábeis, além de ajustes de US$ 3 bilhões nos valores de créditos sobre hedge com avalistas financeiros. As informações são da Dow Jones. O Merrill Lynch já contabilizou mais de US$ 24 bilhões em baixas contábeis nos trimestres anteriores. Esses encargos fizeram o banco levantar mais de US$ 12 bilhões em capital novo. Seu presidente-executivo, John Train, afirmou no início do mês que não espera que o banco de investimento levante mais capital num futuro previsível. As ações do Merrill tiveram perdas de 16,4% entre o fim de 2007 e o fechamento de quarta-feira, contra queda de 25% do setor de corretagem medido pelo índice Amex.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.