PUBLICIDADE

Publicidade

Câmara renova isenção de impostos para o pão francês

Por DENISE MADUEÑO

O plenário da Câmara aprovou, na sessão de hoje, a prorrogação da isenção de tributos incidentes sobre o pãozinho de 50 gramas (o chamado pão francês), a farinha de trigo, o trigo e as misturas para a fabricação do pão comum até 31 de dezembro de 2011.A isenção estava incluída na Medida Provisória (MP) 465, que autoriza subvenção aos empréstimos, contraídos no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) até 31 de dezembro de 2009, para produção ou compra de equipamentos para projetos de inovação tecnológica.A MP original prorrogava de 30 de junho de 2009 para 31 de dezembro de 2010 a isenção do PIS/Pasep e da Cofins sobre o pãozinho. Na primeira votação, a Câmara aprovou a isenção permanente, mas o Senado fixou a data até 2011. Hoje, os deputados mantiveram a decisão dos senadores. A matéria segue para sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.