PUBLICIDADE

EXCLUSIVO PARA ASSINANTES
Foto do(a) coluna

Bastidores do mundo dos negócios

Butique de gestão de fortunas WHG monta braço de investimentos imobiliários

PUBLICIDADE

Foto do author Circe Bonatelli
Aposta imobiliária deve incluir área de logística Foto: Estadão

A butique de gestão de fortunas Wealth High Governance (WHG), criada por ex-executivos do Credit Suisse para atender famílias com mais de R$ 20 milhões em patrimônio, está montando um braço de investimentos imobiliários para entrar em operação no segundo semestre.

PUBLICIDADE

A nova área da casa será comandada por Marcio Rocha, ex-sócio da gestora RB Capital, na qual ficou por dez anos na constituição e gestão de fundos imobiliários. Antes disso, atuou na estratégia financeira da incorporadora Cyrela Brazil Realty.

Neste momento, o time está avaliando quais setores imobiliários podem ser mais atraentes. O setor de logística, que vem crescendo por causa do comércio eletrônico, é um dos ramos preferidos para apostas.

Mas há também opções menos óbvias em análise, como imóveis para abrigar data centers, infraestrutura para agronegócios, apartamentos para aluguel e edificações pensadas para clínicas médicas, pet shops e supermercados.

Esta reportagem foi publicada no Broadcast+ no dia 15/04, às 11h55.

Publicidade

O Broadcast+ é uma plataforma líder no mercado financeiro com notícias e cotações em tempo real, além de análises e outras funcionalidades para auxiliar na tomada de decisão.

Para saber mais sobre o Broadcast+ e solicitar uma demonstração, acesse.

Contato: colunabroadcast@estadao.com

Siga a @colunadobroad no Twitter

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.