Publicidade

Descontos na Black Friday vão de motel a cachê de show sertanejo

Para especialista, mesmo marcas que não têm interesse direto na temporada de megadescontos se veem forçadas a fazer promoções, já que 'o bolso do consumidor é um só'

Por Nicholas Shores

Os descontos oferecidos a consumidores no período da Black Friday são conhecidos por baratear produtos do varejo, como eletrônicos e eletrodomésticos. Agora, as promoções se espalharam para outros setores: de franquias e intercâmbio a hospedagem em motel passando pelo cachê de cantora de música sertaneja. 

“O maior fator é a difusão da marca. A gente corta parte do lucro, sim, e é uma coisa que já está orçada”, afirma Marcelo Cansini, fundador da agência de intercâmbio World Study. Até 30 de novembro, a empresa oferece 100% de desconto na taxa de matrícula, que costuma girar em torno de US$ 200, para todos os seus destinos. 

++Procon prevê aumento de queixas na Black Friday

Rede Lug's dá desconto de 50% para franqueados adquirirem uma segunda ou terceira franquia; taxa cai de R$ 40 mil para R$ 20 mil. Foto: Reprodução

PUBLICIDADE

++Burger King entra na disputa e transforma Black Friday em 'guerra da batata frita'

De certa forma, o objetivo da World Study é o mesmo da cantora sertaneja Jéssica Queiroz: aproximar-se dos olhos e ouvidos de consumidores cada vez mais disputados. Nesta semana de Black Friday, a paranaense radicada em Belo Horizonte promove um desconto de 20% no cachê cobrado de novos contratantes. “Com a Black Friday, mais pessoas terão a oportunidade de conhecer o meu trabalho”, diz a cantora em nota.

++Paulistanos lideram empréstimos para liquidar compras atrasadas

Para o coordenador-geral do Programa de Administração de Varejo da Fundação Instituto de Administração (Provar/FIA), Cláudio Felisoni, mesmo que não seja do interesse direto de uma determinada marca embarcar na Black Friday, ela acaba sendo forçada a fazer isso por concorrer aos recursos de pessoas que podem estar aproveitando promoções de outras empresas.

Publicidade

"Se você está se afogando, como aconteceu com a economia em 2015 e 2016, qualquer pedaço de corda você quer se segurar. E o bolso do consumidor é um só", afirma.

Black Monday. Ação criada pela Associação Brasileira de Motéis (ABMOTÉIS) e pelo Guia de Motéis oferece 50% de desconto sobre o valor da hospedagem em centenas de estabelecimentos de vários Estados. Mas atenção ao regulamento: a promoção é válida apenas para um casal por suíte e no primeiro período de hospedagem. A promoção, porém não pode ser usada na sexta-feira, dia da Black Friday. Só vale para segunda-feira, dia 27, e é necessário obter um cupom no site da Black Monday.

Franquias. Uma outra alternativa “fora da caixa” desta temporada de megadescontos é a aquisição de franquias. A Cosmetic Green, que vende cosméticos de diferentes marcas, está aproveitando o embalo para promover o seu modelo digital com 50% de desconto na taxa de franquia, de R$ 950 - até esta sexta-feira, portanto, o preço fica em R$ 475.

Nesse tipo de negócio, o franqueado recebe uma loja virtual e se encarrega apenas de divulgar os produtos por meio de um link próprio, que é uma extensão do site principal da empresa. Não há necessidade de abrir um CNPJ.

CONTiNUA APÓS PUBLICIDADE

Para Marcio Roland, diretor de expansão e um dos fundadores da Cosmetic Green, a redução temporária no custo de abrir uma franquia digital da marca faz com que esta seja a “hora certa” para quem está precisando investir “com pouco dinheiro”. “Em vez de adquirir um bem de consumo, a pessoa adquire uma forma de trabalhar”, afirma. Segundo Roland, a estimativa de faturamento mensal de cada franquia varia, em média, entre R$ 3 mil e R$ 15 mil. O franqueado fica com 20% do faturamento da sua loja virtual.

A Lug’s, rede de fast-food conhecida pelo frango no balde e pela batata belga, é mais uma a oferecer nesta semana 50% na taxa de franquia, que cai de R$ 40 mil para R$ 20 mil. A iniciativa, no entanto, é voltada apenas para quem já é franqueado da rede e tem interesse em adquirir uma segunda ou terceira franquia.

Parque aquático. Outro negócio a entrar na onda da sexta-feira dos megadescontos, o parque aquático Wet’n Wild, em Itupeva (SP), já anunciou que os ingressos adquiridos por seu site de vendas nesta data terão quase 50% de desconto, caindo de R$ 93 para R$ 49. Mas o preço promocional só vale na compra de entradas para sábado, 25, ou domingo, 26.

Publicidade

Na linha do bem-estar pessoal – mais uma novidade para a Black Friday –, a clínica de estética Ergon, localizada em Sorocaba (SP), vai oferecer descontos de até 70% nos tratamentos, como na carboxiterapia facial. A dermopuntura pode ser agendada por um preço 40% menor na próxima sexta-feira. O mesmo desconto vale para a massagem abhyanga.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.