PUBLICIDADE

Publicidade

Eurogrupo pode adiar parcela de ajuda à Grécia

Foto do author Redação
Por Redação

O Eurogrupo, formado por ministros de finanças da zona do euro, não deverá decidir sobre o desembolso do próximo empréstimo para a Grécia na reunião marcada para a semana que vem, disse nesta sexta-feira uma alta autoridade da região.O desembolso de 8 bilhões de euros deveria ter sido feito no mês passado, mas Atenas não conseguiu atender exigências da troica de credores. "Até que o governo grego cumpra todas as condições, as tranches atual e futuras de empréstimos não serão liberadas", comentou a fonte. Teoricamente, a Grécia tem outro desembolso a receber em maio, de 6 bilhões de euros. "Na reunião da equipe de trabalho do Eurogrupo, observamos que há atrasos na implementação do programa grego, principalmente na reestruturação do setor público", disse a autoridade. Segundo a fonte, a equipe constatou que o setor público da Grécia continua inchado e que há necessidade de reduzi-lo ainda mais, começando pelas 25 mil demissões decididas em novembro. "É improvável que a troica consiga ter um relatório com uma avaliação completa até a próxima sexta-feira", disse o oficial. Sendo assim, "o Eurogrupo receberá uma atualização sobre o progresso (do programa grego), mas não vai liberar a tranche", acrescentou.Se o relatório da Comissão Europeia, do Banco Central Europeu e do Fundo Monetário Internacional for concluído até o final de abril, o que a fonte também considera improvável, o Eurogrupo poderá realizar uma teleconferência para decidir sobre a tranche. Caso contrário, a definição ocorrerá na reunião regular, prevista para 13 de maio, disse o oficial. As informações são da Market News International.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.