PUBLICIDADE

Publicidade

Ex-presidente da Anatel deve cumprir quarentena no Rio

Por Agencia Estado
Atualização:

O ex-presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) Luiz Guilherme Schymura deve viajar hoje de Brasília para o Rio de Janeiro, onde deve cumprir a quarentena de quatro meses exigida pela legislação. Schymura decidiu que, durante esse período, não irá mais conceder entrevistas sobre sua saída da Agência. Ele deverá dedicar-se nesse período a pesquisas sobre regulação econômica e dar aulas na Fundação Getúlio Vargas, onde é professor. A atividade docente é permitida pelas regras da quarentena, criada para evitar que funcionários públicos possam levar informações restritas para o setor privado. Nesse período, os ex-conselheiros da Anatel ficam, formalmente, à disposição do Conselho Diretor para realizar estudos e tarefas específicas. Mas dificilmente isto ocorre, até para evitar que o ex-conselheiro acabe novamente sendo alimentado com informações confidenciais manuseadas pela instituição.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.