Publicidade

Fórum Estadão vai debater o futuro da Região Sudeste

Encontro será no dia 8 e terá a presença do ministro Paulo Bernardo, do governador capixaba[br]e de empresários

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

A Região Sudeste terá sua economia fortemente beneficiada nos próximos anos pelos investimentos na exploração do pré-sal, pelas obras necessárias à preparação da Copa de 2014 e Olimpíada de 2016 e pela expansão de investimentos em áreas de grande produtividade no agronegócio, indústria e, especialmente, serviços. Esse cenário será tema do quinto debate da série Fórum Estadão Regiões, na terça-feira, dia 8, no Hotel Renaissance (Alameda Santos, 2.233 ou Alameda Jaú, 1.620). O evento conta com o apoio da Agência Estado e Rádio Eldorado.O Fórum será aberto pelo ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, e contará com a participação do governador do Espírito Santo, Paulo Hartung. No primeiro painel, o tema será "Os caminhos para sustentar o crescimento" e, no segundo, "O petróleo, o aço e a logística". Como debatedores do primeiro painel participam Hartung e o presidente da Usiminas, Wilson Brumer. No segundo, participam o empresário Josué Gomes da Silva, presidente da Coteminas, o ex-ministro da Agricultura Roberto Rodrigues, professor da FGV-SP, e o diretor da IPC Marketing Editora, Marcos Pazzini. O mediador será Cley Scholz, do caderno Economia & Negócios. Leitores e assinantes poderão se inscrever gratuitamente pelo site www.forunsestadao.com.br ou pelo telefone (11) 3093-5856. O debate será transmitido ao vivo pela TV Estadão, no portal estadao.com.br, e os internautas podem enviar perguntas para os participantes pelo e-mail debate@estadao.com.br. O ciclo de debates sobre a tendência de desenvolvimento regional pós-crise começou em 2009 com as regiões Norte e Nordeste e continuou em maio com os debates sobre o Centro-Oeste e o Sul. Como nas edições anteriores, os principais pontos do debate serão editados em um suplemento especial que circula com o Estadão no dia 10.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.