PUBLICIDADE

Publicidade

Dólar cai com perspectiva de ação do Fed e dados da Ásia

Ata do BC americano apontou para adoção de medidas de afrouxamento quantitativo

Por Gustavo Nicoletta (Broadcast) e da Agência Estado
Atualização:

O dólar caiu em relação a outras moedas fortes, com investidores migrando para ativos mais rentáveis após os participantes do mercado terem encontrado na ata do Federal Reserve, divulgada ontem, sinais de que as autoridades do banco central norte-americano estariam inclinadas a adotar medidas de afrouxamento quantitativo. A ata do Fed mostrou que, na reunião de 21 de setembro, a discussão das autoridades do banco central girou em torno da compra de mais Treasuries e de novas estratégias para elevar a inflação se os preços permanecerem muito baixos e o desemprego muito alto. O documento também revelou que os integrantes do Fed cortaram as projeções para o crescimento econômico em 2011 e esperam que a inflação subjacente - que já está abaixo da meta informal do banco central - diminua ainda mais no ano que vem. Dados mais fortes que o previsto sobre a produção industrial da zona do euro e sobre as encomendas de máquinas do Japão, assim como o superávit comercial da China, também contribuíram para pressionar o dólar e impulsionar as moedas consideradas relativamente mais arriscadas. A China também divulgou que, no terceiro trimestre, suas reservas internacionais tiveram o maior aumento trimestral já registrado, saindo de US$ 2,454 trilhões no final de junho para US$ 2,648 trilhões no final de setembro, oferecendo mais munição para aqueles que defendem a apreciação do yuan. "Foi um bom dia para o risco", disse Mike Moran, estrategista de câmbio do Standard Chartered Bank em Nova York.No final da tarde em Nova York, o euro subia para US$ 1,3964, de US$ 1,3914 na terça-feira, e tinha alta para 114,14 ienes, de 113,74 ienes ontem. O dólar operava estável em relação à moeda japonesa, a 81,74 ienes, e subia para 0,9584 franco suíço, de 0,9570 franco suíço na terça-feira, após ter tocado a mínima recorde de 0,9544 franco suíço no overnight. A libra avançava para US$ 1,5892, de US$ 1,5796 ontem.O índice ICE Dollar, que monitora o valor da moeda norte-americana em relação a uma cesta de divisas, caía para 77,060, de 77,339 na terça-feira. Os dólares da Austrália e da Nova Zelândia também avançaram em relação ao dólar dos EUA. A moeda australiana atingiu US$ 0,9940, o maior nível desde 1983, quando começou a flutuar no mercado de câmbio, enquanto a da Nova Zelândia tocou US$ 0,7637, maior patamar em aproximadamente um ano. As informações são da Dow Jones.

Tudo Sobre
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.