PUBLICIDADE

Advogado de Emilly nega que participante tenha pedido expulsão de Marcos

Depoimento da vencedora do 'BBB' foi vazado, mas não consta pedido de exclusão

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Emilly depôs no dia 17 de abril; vazamento ocorreu na última terça-feira, 2 Foto: Globo/Fabio Rocha

Na terça-feira, 2, o depoimento que Emilly deu à Delegacia de Mulher no dia 17 de abril foi vazado na internet. O documento é verdadeiro, como confirma Renato Darlan, advogado da vencedora do Big Brother Brasil 17. No entanto, o perfil que publicou o depoimento no Twitter escreveu que Emilly havia pedido a expulsão de Marcos, fato que não consta no documento. 

PUBLICIDADE

"Temos que buscar o responsável que com certeza tem algum interesse nisso. Principalmente porque o vazamento vem acompanhado de uma mentira", diz Darlan. "Diz que a Emilly forçou e pediu a exclusão do rapaz, quando em seu depoimento não existe esse trecho". 

No Twitter, os usuários que leram o depoimento questionam a afirmação de que Emilly tenha pedido a exclusão de Marcos do BBB, pois o 'fato' não consta no depoimento vazado.

O advogado nega que Emilly possa ter sido a responsável por divulgar o documento. "Quanto a Emily esse vazamento não traz benefício algum", afirma. De acordo com Darlan, apenas tiveram acesso ao depoimento quem trabalha na delegacia, o Ministério Público e as partes, ou seja, Emilly e Marcos.

Darlan repudia o vazamento por se tratar de um procedimento sigiloso. "Isso por si só já viola uma série de princípios éticos e morais", explica. O advogado diz que notificará as autoridades competentes para que apurem o vazamento. 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.