PUBLICIDADE

Christina Rocha detalha saída do SBT: ‘Não fui valorizada’

A apresentadora estava a frente do ‘Tá na Hora’, quando decidiu se desligar da emissora

PUBLICIDADE

Atualização:

Um mês após sair do SBT, Christina Rocha detalhou o desligamento da emissora. Durante uma participação no Melhor da Tarde, da Band, a apresentadora falou que não estava satisfeita com o rumo de sua carreira, mas que não estava magoada com o ocorrido.

A artista disse que desde quando viu a proposta do Tá na Hora, o último programa que fez no SBT, não estava se sentindo confortável. Ao ver dela, o programa era muito jornalístico e ela preferia fazer algo mais voltado para o entretenimento.

PUBLICIDADE

“Acho que não fui valorizada no momento que eu tinha que ser. Você deixa de fazer uma coisa que foi avisado, que não te pertence... Estreei o SBT, fiz tudo que vocês possam imaginar, com 40 e poucos anos de carreira, fazer uma coisa que não está me acrescentando nada e que foi avisado antes de estrear”, disse ela, mostrando sua insatisfação com o período que antecedeu sua saída.

A artista ainda disse que Daniela Beyruti, filha de Silvio Santos e atual presidente SBT, não foi culpada pelo ocorrido. “Não magoa, mas você dá duas semanas, a diferença de tratamento que você vê, certas coisas. Não é questão de mágoa, não é, é o respeito profissional, que a pessoa tem que ter com a outra”, completou.

Christina Rocha abre o jogo sobre sua saída do SBT Foto: Melhor da Tarde via Youtube
Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.