PUBLICIDADE

Celso Roth admite que ataque do Cruzeiro precisa melhorar no Brasileirão

Técnico afirma que antes de se preocupar em fazer gols é necessário reforçar defesa

PUBLICIDADE

Por AE
Atualização:

BELO HORIZONTE - O técnico Celso Roth reconheceu que o ataque do Cruzeiro deixou a desejar nas duas primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro, quando não fez sequer um gol, mas prometeu dedicar atenção especial ao setor para que ocorra uma evolução. De acordo com o treinador, a sua primeira preocupação ao chegar ao time mineiro foi tornar a defesa segura, o que foi observado nos últimos jogos. "O primeiro passo é ser um time sólido, com uma base boa, um time que não toma gols. E depois disso encaminhar aquela situação de termos uma interação melhor em todos os setores do campo, do time, para que, aí sim, trabalhando um pouquinho mais, repetindo mais os trabalhos, ter a possibilidade de fazer gols e ganhar jogos, que é o que nós queremos", disse. Sob o comando de Celso Roth, que substituiu Vágner Mancini, o Cruzeiro somou dois pontos nas rodadas iniciais do Campeonato Brasileiro ao empatar por 0 a 0 com Atlético Goianiense e Náutico. O treinador revelou estar insatisfeito, mas projetou uma evolução a partir desta quinta-feira, quando o time vai enfrentar o Botafogo no Engenhão. "Obviamente, esse começo de campeonato não é aquilo que a gente esperava, mas pelo menos nos dá o alento de ter feito pontos nos dois jogos. Está longe ainda de ser o que nós queremos. Eu tenho certeza que falo por mim, pela Direção e pelos jogadores. Mas, daquilo que estava quando nós chegamos aqui, eu acho que já está bem encaminhado. Acho que estamos no rumo certo. E, com esse tempo para trabalhar, vamos ver se a gente consegue melhorar mais ainda aquilo que aflige todo mundo, que é vencer jogos, fazer gols, jogar mais solto, ter mais situações e mais poder de ataque, que é o que nós queremos", afirmou.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.