PUBLICIDADE

Corinthians: Elias diz que seguiu ordens de Mano para chutar

Volante faz dois belos gols contra o Guaratinguetá e é o principal destaque na vitória do alvinegro por 3 a 1

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

GUARATINGUETÁ - O corintiano mais feliz em Guaratinguetá no fim da tarde deste sábado era o meia Elias. Autor de dois gols na vitória por 3 a 1 sobre o time da casa, ambos marcados em chutes de fora da área, o jogador contou que seguiu as ordens do técnico Mano Menezes, que pediu aos jogadores que arriscassem mais finalizações, principalmente por causa do esburacado gramado do Estádio Dario Rodrigues Leite. Veja também: Corinthians aproveita erros do Guará e vence por 3 a 1  Paulistão 2009 - Tabela e classificação  Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão "O Mano sempre fala muito para gente arriscar quando tiver a oportunidade. Na hora do lance do primeiro gol, até pensei em dar um tapa e disputar na corrida com o zagueiro, mas lembrei do que o Mano disse e preferi arriscar", revelou Elias, satisfeito por ter tomado a decisão certa. "É tudo muito rápido, na hora a gente tem milésimos de segundo para decidir." Ele contou que, momentos antes desse gol, que desempatou um jogo bastante complicado para o Corinthians, tinha levado uma bronca do treinador por causa de um chute fraco, sem perigo. "Ele me deu a bronca porque sabe do meu potencial, sempre me vê treinando forte, principalmente finalização de fora da área." Para o zagueiro William, capitão do time, a seriedade e o respeito ao adversário foram decisivos na vitória por 3 a 1. "A gente só pensa jogo a jogo. Nesta semana, todo mundo já estava perguntando sobre o clássico contra o Palmeiras, mas a gente dizia que não tinha que pensar no clássico e sim no Guará, que não perdia havia quatro jogos", declarou William. "Por isso, estamos de parabéns."

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.