PUBLICIDADE

Havelange recebe alta após 2 meses de internação no Rio

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

O ex-presidente da Fifa João Havelange recebeu alta nesta segunda-feira, depois de passar pouco mais de dois meses internado por causa de uma infecção. "O médico João Mansur Filho avaliou o paciente, que encontra-se em condições clínicas (cardíacas e pulmonares) favoráveis para receber alta médica", informou em nota o Hospital Samaritano, no Rio de Janeiro. Havelange, que completou 96 anos neste mês, deu entrada no hospital no dia 18 de março com um quadro de infecção e foi tratado com antibióticos. Os médicos realizaram ainda drenagens cirúrgicas no tornozelo direito do ex-dirigente para combater a infecção provocada por sessões de infiltração, que pretendiam minimizar dores no pé. Durante o período de internação, o quadro de saúde de Havelange oscilou. Ele teve uma melhora no início, mas após três semanas precisou voltar à Unidade de Terapia Intensiva do hospital por conta de problemas cardíacos e respiratórios. Havelange, então, apresentou nova melhora e no começo deste mês foi transferido para um quarto do hospital. No boletim médico de 11 de maio, os médicos informaram que a infecção estava sob controle. João Havelange presidiu a Confederação Brasileira de Desportos (CBD), que reunia 24 modalidades esportivas, e depois a Fifa, de 1974 a 1998. Ele é presidente de honra da entidade internacional. O ex-dirigente foi também membro do Comitê Olímpico Internacional, mas se desligou no fim do ano passado depois de denúncias de ligação com a empresa de marketing esportivo ISL, que faliu em 2001 e deixou um rombo de mais de 300 milhões de dólares. (Por Tatiana Ramil, em São Paulo)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.