PUBLICIDADE

Jogadores da seleção atendem fãs antes de jogo com o Panamá

Atletas foram muito assediados pelos torcedores e receberam bastante carinho do público de Goiânia, local da partida

PUBLICIDADE

Foto do author Robson Morelli
Atualização:

A poucas horas do amistoso do Brasil com o Panamá, nesta terça-feira, os jogadores da seleção têm atendido rapidamente alguns torcedores hospedados em seu hotel, em Goiânia, com selfies e autógrafos. É tudo muito rápido, quase sempre no entra em sai dos quartos para as atividades. Quem comoveu os atletas, pelo menos a maioria, foi Maria de Lourdes da Costa, uma pernambucana de 75 anos que mora em Serra Talhada. Os cabelos brancos impuseram respeito. Até o técnico Luiz Felipe Scolari parou para atendê-la.

Bernard deu bastante atenção para os torcedores e distribuiu autógrafos e fotos Foto: Robson Morelli/Estadão

PUBLICIDADE

"Adoro futebol, mas só torço para a seleção brasileira", disse a torcedora, meio sem graça. Ela conseguiu ingresso para ir ao jogo, no Estádio Serra Dourada. Dona Maria estava com dois filhos do lado, eles, sim, fazendo a festa e tentando chamar a atenção dos jogadores. Não havia como resistir ao pedido daquela simpática senhora, que muito bem poderia ser avó de todos eles.

No portão lateral do hotel onde a delegação está hospedada, próximo ao ônibus, grades de ferro e policiamento reforçado impedem o contato do público. Mesmo assim, sempre sobra um aceno para os torcedores. A expectativa é que o Serra Dourada receba perto de 40 mil torcedores para o amistoso desta tarde (16 horas) com o Panamá.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.