PUBLICIDADE

Mbappé quebra nariz, deve passar por cirurgia e vira dúvida para Eurocopa

Segundo o jornal francês L’Equipe, atacante do Real Madrid é levado para hospital alemão, onde será examinado

PUBLICIDADE

Por Daniel Vila Nova
Atualização:

O atacante Kylian Mbappé quebrou o nariz durante o jogo entre França e Áustria, válido pela Eurocopa 2024, e deve passar por cirurgia no Hospital Universitário de Dusseldorf, na Alemanha. A informação é do jornal francês L’Equipe.

A fratura ocorreu na tarde desta segunda-feira, dia 17 de junho, no segundo tempo da partida. O francês disputava a bola no alto com o zagueiro Kevin Danso quando sua face se chocou com o ombro do defensor.

O atacante francês Kylian Mbappé quebrou o nariz durante a partida entre França e Áustria, válida pela Eurocopa 2024.  Foto: Kacper Pempel/Reuters

Imediatamente após o choque, o atacante do Real Madrid caiu no chão e lá ficou. O nariz do jogador sangrava bastante e as imagens da transmissão do jogo mostravam que a lesão na face do atleta era grave.

Mbappé foi atendido durante a partida e ainda tentou continuar em campo, mas foi substituído e retornou para o vestiário. No X, antigo Twitter, o L’Equipe postou um vídeo do atacante francês saindo da Esprit Arena em uma ambulância. O jogador estava usando uma máscara preta.

PUBLICIDADE

Em entrevista coletiva, o técnico francês Didier Deschamps não escondeu sua preocupação com o estado de saúde de seu jogador. “O nariz dele não está bem. Terei que ver. É o ponto negativo desta noite”, afirmou o treinador. “Eu vi na mesa de massagem, não é um arranhão. Mas não tenho os detalhes precisos. Então, quando não sei, fico quieto.”

Ainda segundo a mídia francesa, uma decisão sobre uma possível cirurgia será tomada na noite desta segunda-feira. A lesão, no entanto, preocupa a comissão francesa. O próximo jogo da França já é daqui a 4 dias, na sexta-feira, dia 21 de junho.

Nas redes sociais, o atleta se pronunciou e fez uma piada com a situação. Em seu X, Kylian Mbappé perguntou aos seus seguidores: “Alguma ideia para máscaras?”

Publicidade

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.