PUBLICIDADE

Tite começa a amadurecer a ideia de marcar Neymar individualmente

Treinador do Corinthians confia a tarefa a Alessandro e Ralf

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação
Atualização:

SÃO PAULO - O Corinthians passou a semana tentando encontrar uma forma de parar Neymar na decisão da Libertadores com o Santos. O atacante, que serve a seleção em amistosos nos Estados Unidos, tira o sono do técnico Tite e anda fazendo os sonhos dos zagueiros corintianos virar pesadelo. Neymar é o cara a ser marcado nessa partida.Tite já tem claro em sua cabeça que Neymar não pode ficar no mano a mano com nenhum de seus jogadores. É preciso ter um na sobra e outro recompondo rapidamente o setor. As partidas entre Santos e Vélez, válidas pelas quartas de final da competição continental, nas quais até quatro defensores apareciam na marcação de Neymar, deram uma boa pista sobre como neutralizar o santista.O lateral-direito Alessandro deve ganhar a ajuda de Ralf na dura missão de segurar o atacante. "Acho que todo clube que deseja vencer o Santos tem de marcá-lo forte, porque ele joga muito, desequilibra mesmo. Essa partida representa o ano inteiro do Corinthians, o sonho de não sei quantos milhões de torcedores, o investimento. Se a gente perder, tudo será jogado fora", disse o atacante Emerson. "Cabe, sim, uma marcação individual no Neymar, pois ele é um jogador diferente."

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.