PUBLICIDADE

Vantagem tricolor vem por qualidade do elenco, diz Luizão

Ex-atacante relembra detalhes de vitória sobre o rival no jogo de volta válido pelas oitavas de final da Libertadores de 2005

PUBLICIDADE

Por Matheus Martins Fontes
Atualização:

Nos últimos 12 anos, o São Paulo tem sido soberano em clássicos contra o Palmeiras jogando no Morumbi. Desde o gol de placa de Alex na vitória alviverde por 4 a 2 no Torneio Rio São Paulo de 2002, o Tricolor mantém a invencibilidade em casa sobre o rival há 20 partidas. O Estado conversou com o ex-atacante Luizão, que disputou o clássico pelo São Paulo na Copa Libertadores da América de 2005. Na opinião do ex-jogador, que atuou também pelo rival na década de 1990, a soberania do Tricolor era evidente pelo plantel. Confira!

Luizão foi titular do São Paulo na vitória por 2 a 0 contra o Palmeiras pela Libertadores de 2005 Foto: Robson Fernandjes/AE

LUIZÃO Luizão apareceu no Palmeiras, mas fez história também no São Paulo Ex-atacante estava no time tricolor de 2005, quando ganhou de 2 a 0 do rival pela Libertadores. O que você relembra daquele jogo da Libertadores de 2005, com vitória do São Paulo, seu time, por 2 a 0? Recordo-me que ganhamos o primeiro jogo no Parque Antártica por 1 a 0 com gol do Cicinho. E na segunda partida, estávamos ganhando de 1 a 0 quando o Josué foi expulso. E daí o Palmeiras teve chance de empatar e até de virar o jogo. Só que o São Paulo era muito experiente, uma equipe muito tranquila, sabia jogar uma competição como a Libertadores e soube superar a perda do Josué.No fim do jogo, o Cicinho fez outro gol... Sim, de falta. Acho que nem o Marcão acreditou que ele chutaria aquela bola (risos).A diferença técnica entre os times era evidente naquele momento? Sabíamos que nosso time tinha chegado para ser campeão desde o começo da Libertadores. Era um time pronto para jogar a competição. O São Paulo era melhor do que o Palmeiras. Tínhamos essa consciência, mas no futebol nem sempre o melhor vence. Nós ganhamos no Palestra Itália e no Morumbi. E se o Josué não acabasse expulso no segundo tempo, acredito que o jogo teria sido mais fácil.Você vestiu a camisa dos dois times. Na sua opinião, por que se tornou tão difícil para o Palmeiras vencer o São Paulo no Morumbi? É o campo do São Paulo, a casa do clube, a verdadeira cara da equipe. Jogar no Morumbi era muito difícil e o São Paulo teve só timaços de 2005 até 2007 e 2008. Não me recordo bem de todos os times, mas simplesmente o São Paulo ganhava tudo, era uma equipe muito madura e favorita para ganhar os campeonatos desde o início.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.