PUBLICIDADE

Gui Khury se torna o mais jovem atleta a conquistar uma medalha no X-Games

Brasileiro, de 13 anos e quatro meses, ficou com a medalha de bronze na disputa do skate vertical e entrou para a história da competição

PUBLICIDADE

Foto do author Redação
Por Redação

Gui Khury entrou para a história mais uma vez. Depois de ter se tornado o primeiro atleta a completar um 1080º, o brasileiro conseguiu nesta sexta-feira ser o mais jovem atleta da história do X-Games a subir no pódio. Na edição realizada em Chiba, no Japão, o skatista do Brasil terminou com o bronze na disputa do skate vertical e se tornou o mais novo da história da competição a subir no pódio, com 13 anos e 4 meses. 

Em 2021, Gui Khury já havia feito história no X-Games, conquistando três recordes mundiais no Guiness: 1º como atleta mais jovem a participar da competição, o 2º por ser o mais jovem a ganhar medalha de ouro no X-Games, ao vecer a disputa de melhor manobra, e o 3º por ser o primeiro a dar a manobra 1080º em uma competição. 

Gui se tornou o mais jovem da história do X-Games a subir no pódio de uma etapa da competição Foto: @wilhelmvisualworks

PUBLICIDADE

Na disputa do skate vertical nos X-Games de Chiba, Gui Khury levantou o público presente. Com uma linha de manobras arriscadas, com 540º, 720º e um 900º, o atleta se colocou entre os melhores e entrou para a história da competição ao subir no pódio .O garoto ainda tem mais uma modalidade para participar, a prova de Best Trick - Melhor Manobra, no skate vertical, que acontece neste sábado (22). Gui será o único brasileiro a participar dessa prova.

Confira a classificação da final no Vertical

1. Jimmy Wilkins (EUA) 2. Moto Shibata (JAP) 3. Gui Khury (BRA) 4. Elliot Sloan (EUA) 5. Tate Carew (EUA)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.