PUBLICIDADE

Federer desiste de competir no torneio de tênis de Tóquio

Número um do mundo recebe ordens médicas para descansar por 10 dias para evitar lesões

PUBLICIDADE

Por Efe
Atualização:

A organização do torneio de tênis de Tóquio anunciou nesta sexta-feira que o suíço Roger Federer, número um do mundo, não participará da disputa para poder descansar. Federer enviou uma comunicação aos organizadores na qual lamenta ter de renunciar ao torneio japonês, já que "fisicamente não se recuperou 100% depois do US Open e da Copa Davis". O suíço, campeão no ano passado no Japão após derrotar na final o inglês Tim Henman, disse no comunicado que seu médico recomendou que ele permanecesse pelo menos dez dias sem competir, para evitar o risco de lesões sérias. A organização do torneio de Tóquio comunicou que o espanhol David Ferrer e o francês Richard Gasquet foram incluídos no quadro masculino e que a norte-americana Venus Williams, que esta semana compete na Coréia do Sul, entrará no feminino.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.