Postagens usam vídeos antigos para enganar sobre público de manifestações de 15 de novembro

Apoiadores de Bolsonaro compartilharam registros do ano passado para parecer que havia multidão em protesto contra governo Lula

PUBLICIDADE

Por Gabriel Belic
2 min de leitura

O que estão compartilhando: vídeos que mostram uma multidão na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. Postagens afirmam que as imagens são do dia 15 de novembro deste ano, durante manifestação a favor do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

O Estadão Verifica investigou e concluiu que: é enganoso. Um dos vídeos, publicado no TikTok, é uma gravação do dia 7 de setembro do ano passado. Outras publicações enganosas, que circulam no Facebook, TikTok e Kwai, utilizam registros de 2022 como se fossem desta quarta-feira, 15.

Apoiadores de Bolsonaro utilizam registros do ano passado para simular multidão em manifestação da Proclamação da República Foto: Reprodução/TikTok

Saiba mais: por meio de busca reversa (veja como fazer aqui), o Estadão Verifica identificou que os vídeos utilizados para enganar sobre as manifestações do dia da Proclamação da República são do ano passado.

Uma das postagens, que acumula mais de 500 mil visualizações, utiliza um vídeo do ato de comemoração do Dia da Independência do ano passado. O vídeo original foi registrado em uma conta do TikTok, datado em 7 de setembro de 2022. É possível perceber que trata-se da mesma gravação por elementos visuais idênticos, como as tendas brancas nas laterais.

A cena também foi registrada em canais de veículos de comunicação, com reprodução do discurso de Bolsonaro durante o evento. O mesmo momento aparece em um post de TikTok publicado no perfil do Estadão.

Continua após a publicidade

Outras publicações – compartilhadas no Kwai, TikTok e Facebook – utilizam um vídeo registrado em novembro do ano passado. Por busca reversa, a mesma gravação foi encontrada em um perfil do Instagram, datada em 13 de novembro de 2022, dois dias antes da comemoração da Proclamação da República. À época, bolsonaristas realizavam atos antidemocráticos contra a eleição do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

À direita, captura de tela mostra que gravação foi feita em 13 de novembro do ano passado Foto: Reprodução/@farol.of/Instagra

De acordo com o UOL, sem a presença do ex-presidente, poucos manifestantes compareceram aos atos do dia 15 de novembro em Brasília e São Paulo neste ano. O portal de notícias apurou que pouco mais de 200 apoiadores fizeram uma caminhada de 1 km no Eixo Rodoviário, na capital federal.

Como lidar com postagens do tipo: As peças verificadas utilizam vídeos reais, mas fora de contexto, para desinformar sobre um acontecimento recente. A imprensa costuma noticiar grandes manifestações que ocorrem no País, como é o caso dos atos da Proclamação da República. Busque informações confiáveis antes de disseminar conteúdos enganosos ou falsos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.