PUBLICIDADE

Santos lidera pesquisa para o 2o turno na Colômbia

PUBLICIDADE

Atualização:

O candidato governista Juan Manuel Santos tem mais do que o dobro das intenções de voto do seu rival, Antanas Mockus, para o segundo turno da eleição presidencial da Colômbia, em 20 de junho, segundo pesquisa divulgada na quinta-feira pelo Centro Nacional de Consultoria (CNC). No primeiro levantamento desde o primeiro turno, no domingo passado, Santos, ex-ministro da Defesa, aparece com 61,6 por cento dos votos, contra 29,8 por cento de Mockus, ex-prefeito de Bogotá. Santos, que foi popular como ministro pelos avanços no combate à guerrilha Farc, promete manter as políticas do presidente Álvaro Uribe, mas com maior ênfase em questões sociais. No primeiro turno, embora as pesquisas indicassem uma disputa acirrada, ele teve 46,56 por cento dos votos, contra 21,49 de Mockus - uma vantagem superior a 3,5 milhões de votos. Pelo menos dois institutos saíram em defesa do seu trabalho, dizendo que suas últimas pesquisas foram feitas dez dias antes da eleição, e que o mau desempenho de Mockus em dois debates posteriores esvaziaram sua candidatura. Santos começou a campanha eleitoral como franco favorito, mas Mockus chegou a ameaçá-lo nas pesquisas neste ano com o seu discurso de combate à corrupção e à ilegalidade. Já Santos, durante a campanha, pareceu ser prejudicado por escândalos de corrupção e violação de direitos humanos, mas acabou se recuperando. O CNC ouviu 2.000 eleitores por telefone, em cem localidades. A margem de erro é de 2,1 pontos percentuais. Na simulação de segundo turno feita pelo CNC imediatamente antes do primeiro turno, Santos tinha 47 por cento das intenções de voto, tecnicamente empatado com Mockus, com 46. (Reportagem de Luis Jaime Acosta)

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.