PUBLICIDADE

Rússia alerta contra a votação apressada de sanções ao Irã

PUBLICIDADE

A Rússia e a China são contra tentativas de apressar a votação no Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas de novas sanções contra o Irã, disse o ministro das Relações Exteriores russo, Sergei Lavrov, nesta sexta-feira. "Somos contra forçar o processo de votação", disse Lavrov em Pequim segundo a agência de notícias Interfax. Ele acrescentou que os interesses econômicos da Rússia e da China tinham sido levados em conta no esboço da resolução.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.