PUBLICIDADE

Foto do(a) blog

O blog da Internacional do Estadão

Principais pontos do programa da ultradireitista Marine Le Pen

Candidata defende principalmente a redução da imigração, a saída do euro e o aumento do orçamento do país em Defesa

PUBLICIDADE

Por Redação Internacional

Abandonar o euro, limitar a imigração e reforçar o protecionismo econômico são alguns dos principais pontos do programa defendido pela candidata de extrema-direita às eleições na França, Marine Le Pen. Veja abaixo as principais propostas.

A candidata de extrema direita Marine Le Pen defende a saída da França da zona do euro Foto: AP Photo/Michel Euler

Europa

o Negociação em Bruxelas da saída do euro e do retorno às fronteiras nacionais, saindo do espaço Schengen. Quando terminarem as negociações com a União Europeia (UE), convocação de um referendo sobre a permanência no bloco

o Rejeição aos tratados de livre comércio CETA (UE e Canadá) e TTIP (UE e EUA)

Imigração

Publicidade

o Redução da imigração a um saldo anual de 10 mil pessoas

o Restrição das condições de asilo

o Endurecimento das condições de reagrupamento familiar para os imigrantes

o Impossibilidade de regularização ou naturalização de estrangeiros em situação ilegal

o Fim do direito do solo para conceder a nacionalidade

Publicidade

Política fiscal

o Redução de contribuições sociais e taxas de juros preferenciais para pequenas e médias empresas

o Fusão de todos os sistemas de redução de contribuições sociais para as empresas, que poderão se beneficiar delas caso se comprometam a manter o emprego na França

o Imposto de 35% aos produtos das empresas que tenham realocado suas fábricas

o Imposto adicional por contratação de trabalhadores estrangeiros

Publicidade

o Redução do imposto sobre renda

o Eliminação da tributação sobre as horas extras

Trabalho

o Manutenção das 35 horas semanais, mas com possibilidade de prolongar o tempo de trabalho com negociações por setor

Segurança e justiça

Publicidade

o Criação de uma agência única de combate ao terrorismo

o Contratação de 15 mil policiais e 6 mil agentes de alfândega

o Atribuição sistemática da presunção de legítima defesa à atuação da polícia

o Endurecimento da política penal, incluindo um sistema de prisão perpétua irredutível

o Expulsão automática de criminosos e delinquentes estrangeiros

Publicidade

Defesa

o Abandono da direção integrada da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan)

o Aumento do orçamento de Defesa

/ AFP

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.