Rússia diz ter destruído grande carregamento de armas ocidentais para a Ucrânia

Foto: Redação
Por Redação
Atualização:

Países ocidentais forneceram armas à Ucrânia, incluindo artilharia, mísseis antiaéreos, armas antitanque e outros equipamentos poderosos

Por Redação
Atualização:

MOSCOU - O Ministério da Defesa da Rússia anunciou neste sábado, 21, que as forças russas destruíram um grande carregamento de armas ocidentais no Noroeste da Ucrânia com mísseis de longo alcance.

“Mísseis Kalibr lançados no mar de alta precisão e longo alcance destruíram um grande lote de armas e equipamentos militares perto da estação ferroviária de Malin, na região de Zhytómyr, enviados pelos Estados Unidos e países europeus”, disse o Ministério.

Militares ucranianos tomam posição em uma zona entre as áreas de Luhansk e Donetsk, na Ucrânia; país recebeu armamento do Ocidente para se defender das tropas russas
Militares ucranianos tomam posição em uma zona entre as áreas de Luhansk e Donetsk, na Ucrânia; país recebeu armamento do Ocidente para se defender das tropas russas  Foto: EFE/EPA/STR

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

As armas eram destinadas às forças ucranianas em Donbass, no leste da Ucrânia, uma região de língua russa que foi parcialmente controlada por separatistas pró-russos desde 2014 e agora é palco de intensos combates.

O governo de Vladimir Putin enviou tropas para a Ucrânia em 24 de fevereiro, dizendo que seu objetivo era “desnazificar” o país, que tem um governo pró-ocidente, e proteger a população de língua russa.

Contrários à invasão, os países ocidentais forneceram armas à Ucrânia, incluindo artilharia, mísseis antiaéreos, armas antitanque e outros equipamentos poderosos, mas o governo ucraniano vem pressionando seus aliados por mais apoio. /AFP

Encontrou algum erro?Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Publicidade