PUBLICIDADE

Twitter confirma botão para editar tuítes; saiba como vai funcionar

Por enquanto, nova ferramenta terá uso exclusivo para assinantes do Twitter Blue

PUBLICIDADE

Por Redação Link
Atualização:
Twitter foi comprado pelo bilionário americano Elon Musk. Foto: Kacper Pempel/Reuters

Parece um delírio, mas o Twitter confirmou nesta terça-feira, 5, que vai lançar o botão de edição de tuites — o recurso era muito aguardado por usuários da rede social há algum tempo. Em comunicado oficial, a empresa disse que vem trabalhando na ferramenta desde o ano passado.

PUBLICIDADE

O novo recurso está em fase de testes por enquanto, e por isso será de uso exclusivo para o Twitter Blue, serviço de assinatura da rede social que oferece recursos extras para assinantes. Os usuários poderão acessar as configurações do tuíte e clicar em editar tuíte para alterar a versão original da mensagem. 

Na fase de testes, a empresa afirmou que ainda está definindo os detalhes da ferramenta, como limite de alterações e janela de tempo pela qual as alterações poderão ser feitas.

Jay Sullivan, vice-presidente de produtos do Twitter, afirmou na rede social que sem "limites de tempo, controles e transparência sobre o que foi editado, o recurso poderia ser usado para alterar o registro de uma conversa pública". Segundo ele, proteger a integridade do discurso público é a principal prioridade da empresa com o novo recurso. A empresa disse que o botão será disponibilizado nos "próximos meses". 

No comunicado oficial, o Twitter também afirmou não ter tido a ideia por meio de uma votação, em referência à publicação de Elon Musk, que, após comprar ações da empresa, fez uma enquete na rede perguntando se os seguidores queriam um botão de edição.

Na segunda 4, o CEO da SpaceX se tornou o prinicpal acionista do Twitter, gastando US$ 3 bilhões por 9,2% das ações. Ainda nesta terça-feira,menos de 24h após se tornar acionista, o  CEO da Tesla foi convidado a se tornar membro do conselho das ações da empresa. Após a compra, as ações da rede social, o Twitter registrou alta de 27% no valor das ações.

Usuários questionam utilidade do recurso

Publicidade

Apesar de muito aguardo, o recurso foi questionado por usuários, que têm receio de engajar com materiais editados com viés enganoso.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.