Paulo Pinto/AE
Paulo Pinto/AE

Mesmo com Ronaldo, Corinthians não empolga e fica no 0 a 0 com o Guarani

Atacante tem dois gols anulados; com o resultado, alvinegro chega a sete jogos sem vitória

Eric Akita, do Estadão.com.br,

17 de outubro de 2010 | 18h00

SÃO PAULO - Ronaldo tentou, inclusive marcando dois gols em posição duvidosa e anulados pela arbitragem, mas não foi suficiente para ajudar o Corinthians a retomar o caminho de vitórias no Campeonato Brasileiro. Neste domingo, 17, o alvinegro ficou no empate de 0 a 0 com o Guarani, em Campinas, ampliando para sete o número de jogos sem vitória.

Veja também:

linkTite é o novo técnico do Corinthians

linkRonaldo avalia seu retorno como 'bom'

linkRoberto Carlos critica cobranças e alfineta diretoria

Brasileirão Série A - tabela Classificação / lista Tabela

Com o ponto conquistado, o Corinthians chega aos 50 pontos e segue na terceira colocação, com quatro pontos a menos do que o líder Cruzeiro. Já o Guarani, com 35 pontos, está na 14.ª posição e ainda corre risco de rebaixamento.

Começo empolgante. A "renovada" dupla de ataque do Corinthians, com Defederico e Ronaldo, impõe no início da primeiro tempo um ritmo acelerado, criando boas chances de gol. Em duas oportunidades, Ronaldo recebe dentro da área e finaliza para dentro do gol, mas em ambos os lances o atacante estava impedido.

 

O Guarani conseguiu responder com Fabão, que cabeceia livre após escanteio, mas vê Chicão tirar a bola em cima da linha, salvando o Corinthians de sofrer o primeiro gol.

 

As equipes continuaram buscando o gol, mas a falta de eficiência no passe destruía boa parte dos ataques. Quando a bola alcançava a meta, os goleiros Júlio César e Douglas entravam em ação, garantindo o 0 a 0 no placar do primeiro tempo.

 

Faltou a bola entrar. Na volta do intervalo, o Corinthians tem uma boa chance com Paulinho, que chuta de fora da área, obrigando Douglas a fazer a defesa em dois tempos. Depois imperou a falta de criatividade do meio de campo alvinegro. Já com Danilo, que substitui Roberto Carlos, e Iarley, que entra no lugar de Defederico, o Corinthians volta a criar uma oportunidade no ataque aos 24 minutos, com Danilo cruzando e Ronaldo cabeceando com muito perigo. Na sequência, Moacir fica com o rebote e, com o gol aberto, fura o chute.

 

Mesmo pressionado, o Guarani não recua e tenta o troco, quase marcando com Reinaldo, que cabeceia com muito perigo sobre o gol após cobrança de falta. Mas é o Corinthians que continua criando oportunidades mais claras. Aos 38 minutos, Paulinho é lançado e, na saída do goleiro, toca por cobertura, acertando o travessão.

Ficha técnica

 Guarani

Douglas, Rodrigo Heffner (Apodi), Fabão, Aílson,  Márcio Careca, Renan, Paulo Roberto, Preto (Mário Lúcio), Barboza (Vitor Júnior  ), Mazola  e Reinaldo. Técnico: Vágner Mancini.

 Corinthians

Júlio César, William, Chicão, Leandro Castan, Moacir  , Ralf  , Paulinho, Elias  , Roberto Carlos (Danilo), Defederico (Iarley) e Ronaldo. Técnico: Fábio Carille.

Árbitro - Salvio Spinola F. Filho (SP)

Local - Estádio Brinco de Ouro, em Campinas (SP)

(Atualizado às 20h54)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.