Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Palmeiras vai em busca de gordura contra Bragantino

Time planeja iniciar no Pacaembu a consolidação da liderança para que acesso ocorra sem transtornos

GONÇALO JUNIOR, O Estado de S. Paulo

02 de agosto de 2013 | 07h30

SÃO PAULO - O Palmeiras subiu vários degraus nas 11 primeiras rodadas da Série B. Nos primeiros jogos, teve de superar a angústia causada pela queda. Em seguida, aceitou a realidade e adaptou o elenco. Nesta sexta, diante do Bragantino, no Pacaembu, às 19h30, o time pretende acumular gordura, como diz a gíria do futebol. De maneira discreta, começa a consolidar a liderança e a planejar um retorno sem atropelos.

"Não digo que o time esteja sobrando, mas estamos em um bom momento. Se continuar, vamos conseguir voltar à Série A com certeza", diz o lateral-direito Luís Felipe, que ganhou a posição de Aírton.

São seis jogos de invencibilidade, com cinco vitórias e um empate. A liderança ainda é apertada (dois pontos de vantagem para a Chapecoense), mas a distância para o último classificado já é de confortáveis seis pontos. O Palmeiras tem o melhor ataque (24 gols) e a melhor defesa (sete gols sofridos).

Com exceção do empate com o Guaratinguetá por 1 a 1, o time vem jogando bem. Na última partida, teve dificuldades até fazer 1 a 0, mas resolveu o jogo com as opções do banco de reservas. Leia-se: Valdivia.

As boas atuações do chileno indicam o céu de brigadeiro no qual o time voa. Gilson Kleina está conseguindo fazer o meia render o máximo com uma estratégia simples: escalando-o de acordo com a sua condição física. Nem mais, nem menos.

Nesta sexta, ele deve ser titular, como antecipou após a vitória sobre o Icasa, na terça-feira. Valdivia disse que estava pronto para jogar contra o Bragantino e que não precisava descansar.

No segundo tempo, de acordo com suas condições físicas, ele deverá dar lugar a Mendieta, que começa a se destacar como uma reserva de luxo. "Já joguei quatro partidas e estou mais acostumado ao futebol brasileiro", disse o paraguaio.

O revezamento entre Valdivia e Mendieta permite que o Palmeiras tenha jogadas criativas durante o jogo todo, sem comprometer a ocupação de espaços no meio quando o time está sem a bola. Contra o Icasa, a tática funcionou e deverá ser mantida hoje, diante de uma defesa forte e segura, a segunda menos vazada do torneio.

Kleina tem uma dúvida interessante no ataque. Alan Kardec está na reta final da recuperação de sua condição física ideal. Quando isso acontecer, provavelmente na próxima partida, contra o São Caetano, no Estádio Anacleto Campanella, será titular. Com isso, Vinícius e Leandro vão disputar uma vaga no ataque. "A qualidade do Alan Kardec é inegável. Acredito que logo vai começar como titular", declarou o treinador.

Independentemente da escalação, Kleina mostrou nos treinos de que modo pretende vencer a partida: com as jogadas de bola parada. E Luís Felipe também deu a dica. "Quando joga o Alan Kardec, eu tenho de cruzar no alto. Quando jogam o Leandro e o Vinícius, tenho de cruzar por baixo. Eles ganham dos zagueiros na antecipação."

DÚVIDA

A preocupação de Kleina está no gol. Fernando Prass torceu o tornozelo na quinta-feira e não tem sua presença confirmada. A contusão aconteceu no início do treinamento, quando Prass se chocou com o reserva Raphael Alemão, que também saiu do treino com dores de tornozelo.

Se Prass for vetado, Bruno deverá reaparecer. A última partida na qual atuou foi contra o América-RN, em 11 de junho, antes da Copa das Confederações.

Em nono lugar, o Bragantino tem uma esperança solitária para surpreender: o atacante Léo Jaime. Fora das últimas quatro partidas por causa de uma lesão na coxa esquerda, o atacante deverá jogar isolado na frente. Por outro lado, o volante Preto e o zagueiro André Vinícius, contundidos, dificilmente jogarão.

PALMEIRAS - F. Prass (Bruno); Luís Felipe, Vilson, Henrique e Juninho; Márcio Araújo, Charles, Wesley e Valdivia; Leandro e Vinícius. Técnico: Gilson Kleina

BRAGANTINO - Leandro Santos; Raphael Andrade, Álvaro, Kadu e Diego Macedo; Elias, Thiaguinho, Gustavo e Rafael Costa; Lincom e Léo Jaime. Técnico: Vágner Benazzi

ÁRBITRO - Guilherme Ceretta de Lima (SP)

LOCAL - Pacaembu

HORÁRIO - 19h30

TRANSMISSÃO - SporTV

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolSérie BPalmeirasBragantino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.