Washington Alves/Divulgação
Washington Alves/Divulgação

Ronaldinho Gaúcho se atrasa em apresentação à seleção brasileira

Já Neymar chegou no horário, no fim da tarde, em companhia da maioria dos jogadores

Almir Leite, Agência Estado

22 de abril de 2013 | 20h13

BELO HORIZONTE - Figura mais badalada da seleção brasileira para o amistoso contra o Chile, pelo fato de o jogo ser em Minas Gerais, Ronaldinho Gaúcho já começou escorregando. Nesta segunda-feira, ele se apresentou com 25 minutos de atraso no hotel em que a seleção brasileira está concentrada em Belo Horizonte. Foi o único a se atrasar e também o único que não passou pelo saguão. Entrou pela garagem.

No entanto, a falha de Gaúcho, que parece estar na frente de Kaká na briga por uma vaga na Copa das Confederações, não dever te consequências. Pelo menos foi o que deu a entender o coordenador Carlos Alberto Parreira, ao ser questionado sobre o atraso. "O jantar está marcado para as 19h30 e todos devem estar aqui nesse horário", disse. Ronaldinho entrou no hotel às 19h25.

Neymar chegou no horário, no fim da tarde, em companhia da maioria dos jogadores - todos os convocados que jogam no Rio e em São Paulo, pois os gaúchos chegaram uma hora antes. E disse que e não concorda com os que acham que tem vaga garantida na seleção de Luiz Felipe Scolari. "Todo mundo fala isso, mas ninguém tem vaga cativa na seleção. É preciso dedicação, trabalho duro", afirmou, desconsiderando o fato de ser praticamente uma unanimidade e de ter a "vaga cativa" garantida por Felipão em várias ocasiões.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.