10 estações do Metrô e CPTM agora aceitam cartão BOM

As catracas de dez estações do Metrô e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) começaram a aceitar nesta segunda-feira o Bilhete do Ônibus Metropolitano (BOM), cartão eletrônico que opera nas linhas de ônibus intermunicipais de 39 cidades da Região Metropolitana de São Paulo. O objetivo é facilitar a integração física entre os diferentes meios de transporte, mas não há desconto nas passagens nas conexões.

CAIO DO VALLE, Agência Estado

17 Dezembro 2012 | 14h44

O BOM passou a funcionar nas seguintes estações e linhas: Corinthians/Itaquera, Brás, Carrão, Penha, Palmeiras/Barra Funda (Linha 3-Vermelha); Osasco, Carapicuíba e Palmeiras/Barra (Linha 8-Diamante da CPTM); Corinthians/Itaquera (Linha 11-Coral da CPTM), e Brás (Linha 12-Safira da CPTM).

No próximo sábado (22), mais sete estações da CPTM receberão a integração: Mogi das Cruzes, Estudantes, Guaianazes (Linha 11-Coral); Itaim Paulista, São Miguel Paulista e Comendador Ermelino (Linha 12-Safira); e Itapevi (Linha 8-diamante).

No dia 27, o BOM passará a funcionar em outras cinco estações do Metrô e da CPTM: Armênia e Tucuruvi (linha 1-Azul do Metrô); Caieiras (Linha 7-Rubi da CPTM); São Caetano (Linha 10 Turquesa da CPTM); e Grajaú (Linha 9-Esmeralda da CPTM).

Segundo o secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, as atuais estações foram escolhidas por apresentar a maior quantidade de passageiros fazendo integração da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU) com o Metrô e a CPTM.

O secretário disse que 100 mil usuários devem ser beneficiados nesta etapa da integração, número que deve subir para 500 mil quando todas as 153 estações do sistema (89 da CPTM e 64 do Metrô) contarem com o serviço. A intenção, de acordo com Fernandes, é fazer com que mais estações adotem a integração no primeiro semestre de 2013. A primeira estação a aceitar o BOM foi a Palmeiras/Barra Funda, no ano passado.

Mais conteúdo sobre:
Transportebilhete BOM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.