8 mortos e 2 feridos em queda de avião na zona norte

Em menos de três meses, os dois aeroportos de São Paulo tiveram os piores acidentes de sua história. Hoje (04) foi a vez do Campo de Marte. Às 14h05, um avião executivo Learjet 35 caiu sobre uma casa na Rua Bernardino de Sena, na Casa Verde, zona norte, deixando 8 mortos - incluindo os 2 tripulantes - e 2 feridos. Três casas foram interditadas e moradores da região viveram momentos de pânico em meio a fogo e fumaça, que lembraram o 17 de julho, em Congonhas, na zona sul, quando a queda de um Airbus A320 da TAM matou 199 pessoas. A aeronave de prefixo PT-OVC, da empresa Reali Táxi Aéreo, caiu segundos após ter decolado de Campo de Marte com destino ao Rio, a cerca de 2 mil metros da cabeceira da pista. O piloto Paulo Roberto Montezuma Firmino, de 39 anos, e o co-piloto Alberto Soares Júnior, de 24, morreram na queda.O médico Edimilson Mariano, de 35 anos, que estava na sacada de seu apartamento viu toda a cena e relata que o procedimento de decolagem não foi o usual. ?Normalmente, os aviões viram para a esquerda no sentido Marginal do Tietê, mas esse foi para a direita, embicou e de repente começou a cair.? O médico saiu correndo para ajudar as vítimas e foi um dos primeiros a chegar ao local - onde encontrou o caos.

Agencia Estado

05 de novembro de 2007 | 07h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.