A bicharada tem feito festa na floresta

, O Estadao de S.Paulo

25 de janeiro de 2010 | 00h00

 

Que êxodo rural que nada. Nos últimos 50 anos, a população da cidade cresceu num ritmo muito menor que o da expansão do zoológico onde João Caetano trabalha. Em 1958, ano da fundação do parque, habitavam no zoo 482 animais. Hoje já são cerca de 3.200, crescimento de quase 11% por ano. Já entre a população humana da capital, o crescimento anual no período foi de cerca de 5%. Fora do zoo, há outra população animal que cresce sem parar: a dos bichos domésticos. De acordo com a Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP, as populações canina e felina aumentaram 60% e 152%, entre 2002 e 2008. Apesar disso, eles ainda estão longe de ameaçar a superioridade numérica humanas: são 2,4 milhões de cães e 580 mil gatos ante 11 milhões de pessoas.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.