A rainha dos lares

Há mais de duas décadas Martha Stewart ensina seus leitores e telespectadores a decorar mesas de jantar, cuidar do jardim, preparar arranjos de flores, reformar movéis, fazer cookies. Seu império, construído a partir do universo feminino, hoje inclui revistas, programas de rádio e TV, livros e uma linha de produtos personalizados à venda na rede americana Macy''''s - veja em www.marthastewart.com. Martha começou modestamente, em 1976, com um serviço de catering no porão de casa. A ex-modelo notou que tinha tino para os negócios e lançou, em 1991, a revista Martha Stewart Living. A ousadia - concorrer com revistas femininas de grandes conglomerados - rendeu frutos e serviu de plataforma para a estréia do programa The Martha Stewart Show, em 1993, feito sob medida para donas de casa perfeccionistas ou para quem deseje ser uma. Nem mesmo a passagem pela penitenciária de Alderson, Virgínia Ocidental, abalou sua popularidade e fortuna, estimada em mais de US$ 900 milhões. A ''''rainha do lar''''cumpriu cinco meses de prisão por ter se beneficiado na venda de ações da companhia farmacêutica ImClone e mentido em juízo. Este ano ela lança, em co-autoria com Pierre Schaedelin, a cargo das receitas, uma edição atualizada de Entertaining (publicado em 1982) um livro-manual que ensina como receber.

Cíntia Cristina da Silva, O Estado de S.Paulo

24 Janeiro 2008 | 04h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.