Aberta a temporada de caça aos jurados

Quer ser um dos jurados da 6ª edição do Prêmio Paladar, comer nos melhores restaurantes de São Paulo e ter as despesas pagas pelo jornal? Veja aqui como concorrer a uma das vaga

07 Setembro 2011 | 20h29

A iniciativa no ano passado deu tão certo que a sexta edição do Prêmio Paladar também terá leitores entre os jurados. Para concorrer a uma das vagas e provar os melhores pratos de São Paulo, com as despesas pagas pelo Paladar, basta escrever no nosso site uma crítica sobre um prato que você tenha comido recentemente. Os autores dos melhores comentários serão chamados para uma entrevista, a partir da qual será feita a seleção final.

O que vamos levar em conta? O apetite e o conhecimento de gastronomia do candidato e como ele expressa essa paixão.

Como no Prêmio Paladar não vale voto de memória, os jurados leitores que forem escolhidos terão de experimentar todos os itens que concorrem ao prêmio de melhor do ano em diferentes categorias. Sem se identificar, como clientes comuns, eles devem fazer o pedido, pagar a conta, tirar suas conclusões. Um trabalho intenso e sigiloso - mas imensamente prazeroso.

O empresário Fernando Gelman, que integrou o júri do ano passado, dá uma dica: “Trate o assunto com humor e não apenas como algo técnico”, diz. Sobre a experiência, Gelman garante: “Foi fantástica e intensa. Mas exige organização e disciplina”.

Antes de se aventurar na maratona gastronômica, o empresário fez uma planilha e organizou geograficamente seu roteiro. “Várias vezes tive de convencer amigos a irem a restaurantes que eu precisava visitar, sem que eles desconfiassem”, conta Gelman.

Outra dica aos novos jurados é que carreguem caderneta de anotações e câmera fotográfica para lembrar dos detalhes na hora de avaliar, comparar e escrever sobre o prato. “A ideia é transformar a experiência numa farra, sem perder o foco e a seriedade do trabalho”, afirma Gelman. “Só não tenho saudade dos quatro quilos que engordei e levei seis meses para emagrecer”, comenta Gelman.

“Participar do júri, além de ser uma experiência olímpica e adiposa, é um incentivo a continuar experimentando novos e curiosos sabores”, afirma a funcionária pública Alessandra Labaki.

Escreva sua crítica no seguinte endereço eletrônico blogs.estadao.com.br/premio-paladar. Cada concorrente pode enviar apenas um texto (de 8 a 10 linhas) e deve incluir um endereço válido de e-mail (que não será publicado). Serão aceitas apenas as críticas enviadas de hoje até o dia 18 de setembro, às 23h59.

O candidato tem de morar em São Paulo e ter tempo para ir aos restaurantes no prazo determinado. A participação no júri não é remunerada. Não haverá salário e nem reembolso de despesas extras.

Não é permitida a participação de profissionais da área de gastronomia ou pessoas que tenham qualquer tipo de relação ou interesse em bares, restaurantes e lanchonetes.

A identidade dos jurados leitores de 2011 só será revelada durante a festa de entrega do prêmio, em dezembro. E você pode ser um deles. Participe!

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.