Abril Educação fecha venda de livros didáticos por R$245 mi para programa do MEC

A Abril Educação disse nesta terça-feira que suas editoras Ática e Scipione concluíram negociação com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para a venda de 32 milhões de livros didáticos por 245 milhões de reais.

REUTERS

23 Setembro 2014 | 09h47

O acordo se deu no âmbito do Programa Nacional do Livro Didático de 2015.

O valor, referente apenas aos títulos físicos, inclui um volume adicional de 1,6 milhão de livros a título de reserva técnica, além dos 30,4 milhões de livros divulgados pela companhia na véspera.

Segundo a Abril Educação, que tem foco na educação básica e pré-universitária no Brasil, os livros digitais serão negociados separadamente em data futura ainda a ser informada pelo FNDE, que é responsável pela execução de políticas educacionais do Ministério da Educação (MEC).

Do total de livros vendidos pela companhia, 21,7 milhões correspondem à nova adoção de livros referentes aos anos do Ensino Médio e 10,3 milhões às reposições dos anos anteriores (Ensino Fundamental I e Ensino Fundamental II).

(Por Marcela Ayres)

Mais conteúdo sobre:
EDUCACAOABRILEDUCALIVROS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.