Ação contra clonagem de cartões prende policiais no RJ

Três policiais civis e um bombeiro foram presos hoje durante a Operação Traidor, coordenada pela Corregedoria da Polícia Civil (Coinpol) no Rio de Janeiro. Eles são acusados de pertencer a uma quadrilha suspeita de clonar cartões de crédito.

SOLANGE SPIGLIATTI, Agência Estado

27 de setembro de 2010 | 13h36

De acordo com a polícia, estão sendo cumpridos 15 mandados de prisão e 19 de busca e apreensão em municípios da Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio, como Niterói e Itaboraí, além de Maricá, na Região dos Lagos.

A polícia também localizou uma casa no bairro de Santa Cruz da Serra, em Duque de Caxias, onde funcionava uma fábrica de cartões de crédito clonados. O chefe da quadrilha e a mulher dele ainda não foram capturados, segundo a polícia.

Tudo o que sabemos sobre:
crimeRioclonagemcartãopolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.