Ação contra raios UVA fica escondida no rótulo

O FPS é um padrão universal que mede apenas o grau de proteção contra os raios ultravioleta do tipo B (UVB), principais responsáveis pela pigmentação da pele, queimaduras e câncer.

Karina Toledo, O Estadao de S.Paulo

22 de novembro de 2009 | 00h00

O dermatologista Sergio Schalka explica que bons protetores solares também protegem contra os raios do tipo A (UVA), mais ligados ao envelhecimento precoce da pele. "O problema é que não há no Brasil uma padronização ou legislação que obrigue os fabricantes a colocarem no rótulo o índice de proteção UVA." Em alguns produtos, a proteção fornecida é sinalizada pela sigla PA, seguida de sinais positivos. Quanto maior o número de +, maior a proteção. Esses sinais normalmente ficam escondidos no rótulo do filtro.

Outra forma de identificar a proteção UVA é por meio do número do PPD (pigments permanent darkening ou escurecimento persistente dos pigmentos). Nos bons produtos, o PPD corresponde a pelo menos um terço do valor do FPS - ou seja, um protetor com FPS 30 deve ter PPD igual a 10 ou mais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.