Ação da Suzano tem forte queda após anunciar oferta de ações

A ação da Suzano Papel e Celulose tinha forte queda nesta quarta-feira, após a empresa ter informado na véspera que fará uma oferta de novas ações com a qual pretende obter ao menos 1,5 bilhão de reais para reforçar caixa e estrutura de capital.

REUTERS

16 Maio 2012 | 14h12

Para o Morgan Stanley, a oferta de ações faz sentido e mostra o comprometimento dos executivos da Suzano em reduzir a alavancagem da companhia, mas ainda assim é muito pequena.

Nos cálculos dos analistas Carlos de Alba e Alfonso Salazar, a Suzano precisaria de uma injeção em torno de 3,8 bilhões de reais a 4,2 bilhões de reais.

"Se nossos números estiverem certos, a companhia ainda precisará de outras fontes de liquidez", disseram os analistas em relatório.

Os analistas recomendam a ação como "underweight" (desempenho abaixo da média), com preço-alvo de 7,60 reais.

Às 14h07, a ação preferencial classe A da Suzano, que não faz parte do Ibovespa, recuava 6,33 por cento, a 6,07 reais. Já o principal índice da bolsa tinha baixa de 0,95 por cento.

(Por Danielle Assalve)

Mais conteúdo sobre:
CELULOSESUZANOACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.