Ação de seguradora chinesa PICC sobe 7% na estreia em Hong Kong

As ações da seguradora estatal chinesa PICC subiram quase 7 por cento em sua estreia na Bolsa de Hong Kong nesta sexta-feira, um resultado positivo e raro em um ano desanimado para ofertas públicas iniciais (IPOs, na sigla em inglês) na cidade e na maioria dos grandes mercados da região.

Reuters

07 Dezembro 2012 | 10h28

O início forte da PICC não deve impulsionar os IPOs em Hong Kong, que caminha para ter seu pior ano em termos de novas ofertas de ações desde início da crise financeira mundial em 2008, após ser o principal ponto de IPOs do mundo em 2009 e 2010.

"Você tem que julgar o sucesso de uma transação nos próximos dias e semanas em vez de apenas hoje", disse o ex-funcionário de bancos de investimento como Nomura e UBS e autor do livro "IPO: A Global Guide", Philippe Espinasse.

"Eu sou um pouco cético (sobre uma onda de IPOs). Vai demorar mais do que uma operação para o mercado se recuperar plenamente", acrescentou.

(Por Elzio Barreto e Denny Thomas)

Mais conteúdo sobre:
FINANCAS PICC IPO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.