Ação do Manchester United estreia estável após IPO decepcionante

As ações do Manchester United foram precificadas abaixo das expectativas e operavam estáveis nas negociações nesta sexta-feira, uma estreia decepcionante no mercado de ações para o famoso time de futebol.

Reuters

10 de agosto de 2012 | 15h13

O Manchester United vendeu 16,7 milhões de ações como planejado, mas o preço de 14 dólares cada ficou abaixo da faixa estimada entre 16 e 20 dólares.

Às 14h25 no horário de Brasília, o papel subia 0,07 por cento, a 14,01 dólares.

"Estamos precificados abaixo da faixa porque (...) o grande número de investidores institucionais de alta qualidade que havia diante dos 14 dólares nos deixou mais tranquilos em termos de uma visão de londo prazo", afirmou o vice-presidente do conselho do Manchester United, afirmou Ed Woodward.

Um mistério para a maioria dos norte-americanos, mas um nome familiar na maior parte do mundo, o clube listou suas ações em uma bolsa dos Estados Unidos após desistir do IPO em Cingapura planejado para o início deste ano.

A oferta avaliou o time inglês 19 vezes campeão em 2,3 bilhões de dólares, mas reduziu em até 100 milhões de dólares os ganhos que os donos do time esperavam.

(Por Keith weir e Michael Erman)

Tudo o que sabemos sobre:
EMPRESASMANCHESTERACAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.