Ação dos EUA no Iraque está dando resultados, diz general

Em depoimento em Washington, militar afirma que tropas poderão ser reduzidas.

Bruno Garcez, BBC

10 de setembro de 2007 | 15h46

O comandante das forças militares dos Estados Unidos no Iraque, general David Petraeus, disse nesta segunda-feira que a estratégia militar do país no Oriente Médio está dando resultados.Durante seu depoimento ao Congresso americano, nesta segunda-feira, em Washington, Petraeus afirmou que ''''do ponto de vista militar, os objetivos da escalada estão sendo cumpridos''''. Petraeus se referia à estratégia americana de enviar mais cerca de 30 mil soldados ao Iraque, desde o início deste ano. De acordo com o militar, ''''a violência sectária tem caído significativamente, o número de vítimas civis vem sendo reduzido'''', mas acrescentou que ''''ainda existem desafios de segurança'''' e que os avanços realizados têm sido ''''desiguais''''.O comandante militar afirmou ainda que se a atual situação perdurar, os americanos poderão reduzir o número de tropas no país no ano que vem para um nível próximo ao que antecedeu o aumento de soldados neste ano. "Acredito que seremos capazes de reduzir o número de nossas forças para os de antes da escalada até o verão (no hemisfério norte, inverno no Brasil) do ano que vem, sem colocar em risco as conquistas na área de segurança que tivemos até o momento.''''Um grupo de manifestantes contrários à guerra no Iraque conseguiu entrar na sala em que Petraeus prestou seu depoimento e gritou frases como ''''Conte a verdade, general'''' antes de ser expulso por seguranças. O presidente do comitê de Relações Internacionais do Congresso, Tom Lantos, disse que não ''''compra'''' a história de que a vitória no Iraque está próxima.Após Petraeus, foi a vez do embaixador americano em Bagdá, Ryan Crocker, prestar depoimento.De acordo com Crocker, ''''um Iraque seguro, estável, democrático e em paz com seus vizinhos é alcançável''''.O embaixador comentou que ''''a trajetória de desenvolvimentos políticos, econômicos e diplomáticos no Iraque é ascendente'''', mas acrescentou que isso não se dará rapidamente.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.