Acer tem lucro trimestral muito abaixo do esperado

A Acer teve um segundo trimestre muito pior do que analistas previam, o que se deve a um encargo extraordinário na Europa referente a impostos, e alertou que a indústria de computadores pessoais no segundo semestre crescerá menos do que se acredita, por causa da incertezas sobre o Windows 8.

Reuters

17 de agosto de 2012 | 07h37

A terceira maior vendedora mundial de PCs em volume vem apostando no novo sistema operacional da Microsoft e nos chamados "ultrabooks" --laptops muito finos-- da Intel, em uma tentativa de reanimar as vendas diante da ameaça dos tablets.

O lucro líquido em abril a junho foi de 56 milhões de dólares taiuaneses (1,87 milhão de dólares), muito baixo dos 550 milhões de dólares taiuaneses que 19 analistas previam em pesquisa da Thomson Reuters I/B/E/S.

O resultado se compara ao lucro líquido de 331 milhões de dólares taiuaneses no primeiro trimestre e ao prejuízo líquido de 6,79 bilhões de dólares taiuaneses no segundo trimestre de 2011.

A companhia, que prevê receita estável no terceiro trimestre mas crescimento de 5 a 10 por cento no trimestre seguinte, teve encargo de 410 milhões de dólares taiuaneses na Europa por conta de divergências sobre avaliações tributárias na Itália.

(Por Clare Jim)

Mais conteúdo sobre:
TECHACERRESULTS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.