Acervo digital será lançado na quarta-feira

Cerimônia de lançamento do acervo digitalizado do jornal, que circula desde 04/1/1875, será no Auditório Ibirapuera

O Estado de S.Paulo

21 Maio 2012 | 03h04

Com o lançamento do acervo digital do Estado, nesta quarta-feira, 23, serão anunciados os primeiros convênios com instituições públicas para que estudantes e pesquisadores tenham acesso aos 137 anos de conteúdo publicado.

A digitalização amplia o caráter cultural e educacional do acervo. Como aconteceu com a coleção em papel e microfilme no Museu Paulista, frequentadores de outras universidades e bibliotecas agora serão beneficiados com acesso nos terminais das instituições conveniadas.

Assuntos que fazem parte do currículo escolar obrigatório e outros temas de interesse de professores, pesquisadores e acadêmicos poderão ser lidos como foram publicados originalmente.

Circulando desde 04/1/1875, quando o País ainda era uma monarquia, o jornal noticiou fatos como a abolição da escravidão, a proclamação da República e o voo pioneiro de Santos Dumont.

"Imagine um professor em sala de aula poder abrir as páginas do jornal e discutir com seus alunos os fatos ali noticiados?", comemora o professor Carlos Fico, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

A cerimônia de lançamento do acervo digital acontecerá na noite de quarta-feira, para convidados, no Auditório Ibirapuera. Personalidades de várias áreas que fizeram parte da história do Brasil e apareceram nas páginas do Estado estarão presentes. Assistirão a uma viagem multimídia pelas páginas do jornal.

Mais conteúdo sobre:
acervo estado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.