Acidente de ônibus mata 28 belgas, a maioria crianças, na Suíça

Um ônibus com turistas belgas bateu contra a parede de um túnel na região suíça de Valais, deixando 28 mortos, sendo 22 crianças, informou a polícia nesta quarta-feira.

REUTERS

14 Março 2012 | 07h47

O ônibus, que transportava 52 pessoas, a maior parte alunos de Lommel e Heverlee, nos Flandres, bateu na noite de terça-feira perto da fronteira com a Itália, segundo a polícia.

"É um dia triste para toda Bélgica", afirmou o primeiro-ministro, Elio Di Rupo, dizendo também que viajará para a Suíça nesta quarta-feira.

O veículo viajava de volta para a Bélgica depois de uma estância no acampamento de esqui de Val d'Anniviers, em Valais.

Outras 24 crianças ficaram feridas, alguns com gravidade, e eram tratadas no hospital, acrescentou a polícia. O ônibus fazia o trajeto entre Siders e Sitten quando bateu no túnel.

Os dois motoristas do ônibus morreram no acidente, que ainda tem causa desconhecida, disse a polícia.

(Reportagem de Denis Balibouse)

Mais conteúdo sobre:
SUICA ACIDENTE CRIANCAS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.