Batalhão da Polícia Militar - BAPM
Batalhão da Polícia Militar - BAPM

Acidente entre carro e ônibus em SC deixa cinco mortos e 20 feridos

Com a batida, os dois veículos despencaram de uma ribanceira na lateral da pista de mais de 60 metros de altura; Entre as vítimas do acidente em Corupá, norte do Estado, está um bebê de um mês

Aline Torres, ESPECIAL PARA O ESTADO

22 Novembro 2015 | 18h27

FLORIANÓPOLIS - Um acidente entre um ônibus de turismo e um automóvel deixou cinco mortos e cerca de 20 pessoas feridas em Corupá, no Norte do Estado de Santa Catarina. Entre as vítimas, está um bebê de um mês. O acidente ocorreu por volta das 9h deste domingo, dia 22, no quilômetro 93 da BR-280. 

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, um CrossFox vermelho subia a serra quando bateu de frente com o ônibus da empresa Mirotur, que seguia pela contramão. O motorista do ônibus teria perdido o controle do veículo. Quatro dos mortos estavam no veículo e o outro no coletivo.

Com a batida, os dois veículos despencaram de uma ribanceira na lateral da pista de mais de 60 metros de altura. O carro foi o primeiro a ser retirado do penhasco, mas os passageiros Douglas da Silva, de 23 anos, o casal Gilberto da Silva, de 29, e Lucinéia Camargo, 40, além da filha do casal, Eduarda, de apenas um mês, já estavam mortos. 

Entre os passageiros do ônibus, Izênia Firmino, de 63 anos, morreu no local. Os corpos estão no Instituto Médico Legal de Joinville, e a liberação está prevista para as 19h.

Estão internados no Hospital São José, em Jaraguá do Sul, 20 passageiros. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, seis estão em estado grave. O motorista Luís Moura, 51 anos, passava por cirurgia no meio da tarde.

O ônibus vinha de Foz do Iguaçu, no Paraná, com 32 passageiros e dois motoristas. O outro motorista, Fábio Tavares, de 38 anos, ajudou nos salvamentos. Ele retirou uma senhora desacordada, que caiu dentro do rio, subiu a ribanceira com ela nos braços e pediu ajuda na lanchonete que ficava do outro lado da estrada. Dois helicópteros da Polícia Militar e dos Bombeiros auxiliaram o resgate das vítimas, além de três ambulâncias. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.