Acidente entre ônibus deixa quatro feridos na Avenida Paulista

Quatro viaturas dos bombeiros foram acionadas para socorrer as vítimas, entre elas um bebê de seis meses

Gheisa Lessa, Agência Estado

09 de agosto de 2012 | 13h53

SÃO PAULO - A Avenida Paulista continua com uma faixa interditada, três horas após o choque entre dois ônibus que aconteceu às 11h40 desta quinta-feira, 9. Com a batida, quatro pessoas ficaram feridas, entre elas um bebê de seis meses.

As composições das linhas Terminal Princesa Isabel/Aclimação e Terminal Campo Limpo/Aclimação colidiram na faixa exclusiva de ônibus, entre a Rua Carlos Sampaio e a Rua Brigadeiro Luis Antônio. Os guinchos chegaram no local às 14h50, mas até as 15h15 a região continuava interditada. As composições que passam pela Paulista saem da faixa exclusiva e seguem pelas vias centrais da avenida para desviar dos veículos envolvidos no acidente.

Quatro viaturas do Corpo de Bombeiros foram acionadas para socorrer as vítimas, que tiveram ferimentos leves. Uma pessoa foi socorrida por uma viatura do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Os bombeiros levaram a criança de seis meses e uma outra pessoa não identificada até o Hospital das Clínicas e uma mulher de 37 anos para a Santa Casa.

O caso será registrado no 5º Distrito Policial. De acordo com a PM, ainda não há informações sobre o que teria causado o choque entre os coletivos.

A Avenida Paulista continua com 1,8 km de congestionamento, desde a Rua Peixoto Gomide até a Alameda Oswaldo Cruz. A capital paulista registra 48 km de lentidão em suas principais vias, de acordo com a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.