Acidente mata todos 46 a bordo de avião na Venezuela

Avião que ia para Caracas caiu em região de cordilheiras, fria e com muita neblina.

Claudia Jardim, BBC

22 Fevereiro 2008 | 13h35

Um avião que desapareceu pouco depois de ter decolado, na noite de quinta-feira, bateu em uma cordilheira na região de Mérida, na Venezuela, e matou todas as 46 pessoas a bordo, de acordo com autoridades locais.O piloto do helicóptero de resgate que encontrou nesta sexta-feira o local do acidente, na cordilheira Los Conejos (a 680 quilômetros de Caracas), disse que a aeronave foi "pulverizada" após o impacto.O chefe do serviço de Proteção Civil, Antonio Rivero, confirmou que o acidente não deixou sobreviventes. "É uma situação muito triste, não há sobreviventes", disse Rivero.O coordenador do grupo de resgate, Ivan Altupe, disse à BBC Brasil, por telefone, que o helicóptero não conseguiu descer até o local onde o avião estava por se tratar de uma região de cordilheiras. "É uma região altamente montanhosa, que está acima dos 4 mil metros de altura", disse. "É uma parede gigantesca.""Estamos regressando ao aeroporto de Mérida para trazer os homens do corpo de resgate para que possam descer no local do acidente", disse Altupe. ExplosãoO vôo 518 da empresa Santa Bárbara Airlines decolou às 16h59 de quinta-feira no horário local (18h29 de Brasília) com destino ao aeroporto de Maiquetia, em Caracas. Logo após a decolagem do aeroporto da cidade de Mérida, a aeronave perdeu contato com as torres de controle. A viagem deveria durar uma hora e 20 minutos e tinha como destino o aeroporto de Maiquetia, em Caracas. As causas do acidente ainda são desconhecidas. As autoridades venezuelanas retomaram na manhã desta sexta-feira o trabalho de buscas da aeronave. A região em que caiu a aeronave é uma zona de cordilheiras, fria e com muita neblina, fatores que dificultaram as buscas durante a madrugada.Durante a noite da quinta-feira, moradores da região andina venezuelana afirmaram ter escutado uma explosão. Familiares dos passageiros se deslocaram ainda na noite da quinta-feira aos aeroportos de Mérida e Caracas, onde aguardavam novas informações sobre a busca da aeronave. Este é o segundo acidente aéreo ocorrido na Venezuela no período de um mês.Em janeiro, uma aeronave da empresa turística Transaven caiu no mar quando deixava o arquipélago de Los Roques, no Caribe venezuelano, matando 14 pessoas. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Mais conteúdo sobre:
venezuelaaviãoacidentedesastre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.