Ações da Portugal Tel caem após notícia de possível saída de CEO

As ações da Portugal Telecom caíram na bolsa de Lisboa nesta segunda-feira, após a notícia não confirmada da possível saída do seu presidente-executivo, Zeinal Bava.

Reuters

16 de julho de 2012 | 12h38

Segundo o site da revista Veja, Bava é um dos candidatos a assumir a presidência da TIM Brasil, controlada pela Telecom Italia.

Uma fonte oficial da Portugal Telecom se recusou a comentar o assunto.

O operador Emanuel Vieira, da Golden Brokers, disse que Bava "tem sido visto como um bom líder" da Portugal Telecom e que sua saída pode penalizar o valor de mercado da companhia.

"Existe uma expectativa de geração de resultados futuros que dependerão muito da liderança da Portugal Telecom, por exemplo em questões como a reestruturação da Oi", afirmou.

A Portugal Telecom é uma das maiores sócias do grupo brasileiro de telecomunicações Oi.

As ações da Portugal Telecom fecharam em baixa de 2,28 por cento, a 3,60 euros, segundo dados preliminares.

Bava é presidente-executivo da Portugal Telecom desde 2009, tendo sido reconduzido em abril para um novo mandato de três anos.

A TIM é a segunda maior operadora móvel do Brasil, atrás apenas da Vivo, do grupo Telefônica Brasil.

(Por Filipe Alves)

Tudo o que sabemos sobre:
TELECOMPORTUGALTELACOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.