Ações das redes sociais sobem após Credit Suisse elevar preço-alvo do Facebook

As ações das redes sociais subiam nesta terça-feira depois que o Credit Suisse elevou suas expectativas em relação à receita por usuário (Arpu) de longo prazo do Facebook, afirmando que novos produtos irão impulsionar crescimento desse indicador.

Reuters

22 Abril 2014 | 15h28

A instituição elevou sua recomendação de "neutra" para "compra" e subiu seu preço-alvo de 65 dólares para 87 dólares.

O Credit Suisse não deu uma nova projeção para a Arpu do Facebook em um comunicado enviado a clientes segundo o qual sua expectativa de maior crescimento estava ligada ao lançamento de novos produtos da companhia. No início deste mês, o Financial Times informou que o Facebook estava preparando serviços de pagamentos móveis.

As ações do Facebook subiam 2,9 por cento, para 63,05 dólares. Entre outras redes sociais, o Twitter subia 1,5 por cento, para 46,84 dólares, LinkedIn subia 1,8 por cento, para 180,16 dólares e a Yelp subia 1,1 por cento, para 67,76 dólares.

(Por Ryan Vlastelica)

Mais conteúdo sobre:
TECH FACEBOOK ACOES*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.